Primeiro passo

Ir à papelaria comprar uma caderneta e uma esferográfica preta.  Parece uma tarefa fácil, mas foi o primeiro passo para mim. É, periodicamente, comum ouvir que o primeiro passo é o mais difícil. Verdade absoluta e imutável.

Comprar papel e caneta significou romper a minha rotina, quebrar as amarras que prendiam meus pensamentos e deixá-los  fluir como um rio, deixar que inundem o meu corpo momento após momento.

Pense bem: se eu não tivesse comprado esta caderneta, você não iria ler, e se você não lesse, jamais saberia o quanto foi árduo travar a guerra interna que me levou a pousar a esferográfica preta sobre o papel, produzindo estas linhas que são, pra mim, de um prazer inigualável.

O que é, aliás, sempre um deleite. Tenho algum tipo de paixão irracional por esferográficas com tinta preta, algo nelas que sempre me delicia enquanto escrevo. Se tomo agora um primeiro passo, talvez sirva esta caneta como meus pés. Me sustentando e apoiando enquanto transcrevo o que se passa na minha mente.

Minha mente que, enquanto escrevo, diz ao pé do meu ouvido o quanto está grata por este primeiro passo, apesar de não ter compreendido necessariamente o porquê. Se contorcia e debatia enquanto eu andava em direção à papelaria, gritava e praguejava enquanto minha mão trêmula segurava a caneta. Tão logo quanto minha mão tocou a superfície da caneta e esta, o papel, me senti incrível, senti que nada podia abalar meus sentimentos, e me senti vivo.

Eu não sei onde vou chegar com estes passos trôpegos, mas estou convicto de uma coisa: eu tomei o primeiro passo. O segundo, o terceiro e os demais agora parecem possíveis. Me sinto orgulhoso e austero. Eu tomei o primeiro passo.. Eu tomei o meu primeiro  passo.

E você, quando tomará o seu?

Anúncios

22 comentários sobre “Primeiro passo

  1. Resolver sair do ócio e simplesmente ir a algum lugar já seria o primeiro passo. Talvez fosse fácil se não questionássemos tanto o nosso eu embriagado de dúvidas.
    Chegou a hora de usar a tal esferográfica para devidamente encher sua caderneta de vidas, de sonhos, idéias, planos, projetos. Esse é o momento de transformar vidas em histórias ou apenas eterniza-las no papel.
    Esse foi o primeiro passo, agora estamos esperando pelo segundo.

  2. Meu primeiro passo é a libertação… ou talvez seria minha meta? Quem sabe eu já não tenha dado o primeiro passo, o segundo, o terceiro. Nossa, preciso me situar!

  3. Você escreve muito bem O_O continue assim, adorei o texto. Pode parecer uma coisa simples, mas no papel parece muito mais robusto

  4. Não é a toa que o primeiro texto é o mais profundo do blog. Me identifiquei, sem dúvida. Fazer algo simples normalmente rompe com a nossa rotina e sempre ficamos enrolando para fazê-lo seja pela preguiça ou pelo medo da mudança. Gostei muito de como tudo foi descrito! Parabéns! :3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s